O PARADÓXO DA LIBERDADE DO EMPREENDEDOR | Clique Comida

O PARADÓXO DA LIBERDADE DO EMPREENDEDOR


Se você acha que empreender e ter liberdade é antagônico, você está parcialmente errado. “Como assim parcialmente errado?” Calma, vou explicar esse parcialmente.

Quando você começa num novo negócio, você está diretamente no OPERACIONAL da empresa, fazendo praticamente tudo. Você cobra o escanteio e o corre para cabecear. Com a grana curta, tem poucas pessoas ou nenhuma para te ajudar, então você precisa:

  • Fazer o financeiro (contas a pagar, contas a receber, fluxo de caixa…);
  • Prospectar novos clientes;
  • Vender;
  • Pós-venda;
  • Tirar foto das mercadorias;
  • Postar nas mídias sociais;
  • Responder as mídias sociais;
  • Comprar mercadoria;
  • Alimentar o sistema para controle de estoque;
  • Etiquetar a mercadoria nova;
  • Pensar em promoção para estoque mais antigo;
  • Criar processos
  • Resolver problemas diários.


Veja, essa é a rotina de uma pequena loja. Aqui você não tem liberdade alguma, pois todo o processo precisa de você, se alguma dessas rotinas falharem continuamente, seu negócio estará fadado ao fracasso. 
Porém, se você realmente quer ter a liberdade desejada desde o início, precisa pensar no próximo passo: Aumentar a operação.

Segue uma matéria bem completa seobre Gestão de Operações.


Planejamento Tático


Quando você aumenta a operação, isso está demonstrando que está no caminho certo, o caminho do crescimento. A partir desse momento você contrata pessoas para fazer determinadas partes do operacional e você precisa supervisionar tudo. Se tiver bons processos desenhados, agregado a um bom software de gestão, conseguirá fazer esse monitoramento de qualquer lugar. Porém, você ainda vai precisar resolver vários problemas do cotidiano que os colaboradores não conseguem. Sinal de que você está no nível TÁTICO do negócio. Além disso, nesse nível você já precisa colocar metas a serem batidas por cada setor, ainda que tudo a curto prazo. Exemplo:

  • Financeiro: manter a inadimplência em 2% ao mês;
  • Marketing: trazer 10 novos clientes por semana;
  • Vendas: Atingir R$15.000,00 por colaborador.


Quando se está nesse nível, você começa a desfrutar muuuuuuuito pouco da liberdade. Você ainda não consegue sair um mês e desligar o telefone, porque se fizer isso, quando voltar vai encontrar um verdadeiro caos e, provavelmente, uma úlcera nervosa.(rs)


Planejamento Estratégico


Quando sua empresa atinge uma certa maturidade, onde você tem o operacional trabalhando de forma eficiente, sendo supervisionado por profissionais qualificados, dividida por setores bem definidos, é a hora de passar para o próximo nível, o ESTRATÉGICO.


Nesse nível, você é o capitão da frota, onde qualquer tomada de decisão sua errada, pode afundar todos os navios junto com seus marujos.


Aqui você vê o MACRO, e traça um planejamento para onde quer levar sua empresa, aponta o posicionamento que ela deve manter no mercado. Além disso, você é quem traça o planejamento a longo prazo para a empresa.

O ESTRATÉGICO também que precisa ficar sempre analisando, revisando e melhorando a análise SWOT da empresa. Mantendo sempre suas FORÇAS, aproveitando as OPORTUNIDADES, eliminando as AMEAÇAS e tratando as suas FRAQUEZAS.

No nível ESTRATÉGICO você já tem uma liberdade um pouco maior, você tira o telhado da empresa, ajusta e passa para os supervisores os objetivos macros, onde eles faram metas micros, e isso você pode fazer de qualquer lugar que você quiser. Porém, ainda não é a liberdade maior, aqui você ainda tem a preocupação de toda uma organização, mas não precisa estar presente 100% do tempo nela.


Para alcançar a liberdade deseja é preciso trabalhar muito

Agora, se você tem um negócio e não pensa em expansão, crescimento, onde você quer chegar, sinto lhe informar. Você jamais vai ter liberdade. Você pode até ter seus colaboradores, no entanto, você jamais vai passar do nível TÁTICO. Com esse pensamento, é melhor você ser CLT e ter seus 30 dias de liberdade por ano, que é muito mais vantajoso e lucrativo, e você ainda receberá por isso.


Resumindo: Empreender x Liberdade
OPERACIONAL = sem liberdade
TÁTICO = pouca liberdade
ESTRATÉGICO = liberdade
EXIT = tão sonhada liberdade
EMPRESA DEPENDE DE VOCÊ = Prisão


Reflita:

SE NÃO FOR PRA GANHAR, NEM APERTE O PLAY !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *